quarta-feira, dezembro 20, 2006

JORNALISTAS DEBATEM SUBSISTEMA DE SAÚDE

Durante bastante tempo as páginas dos jornais vieram cheias de notícias e comentários sobre os privilégios dos funcionários públicos, especialmente por terem direito à ADSE. Jornalistas e comentadores, sobretudo os económicos, eram quase unânimes em “denunciar uma mordomia absurda”, não encontrando razões para os mesmos auferirem outras condições diferentes das da Segurança Social que abrangia a maioria dos trabalhadores deste país.
Não me vou debruçar sobre o subsistema de saúde dos jornalistas, embora saiba que é, e já era então, mais favorável que a ADSE dos funcionários públicos. Também não me congratulo com a possibilidade de deixar de ser apoiada pelo Estado, porque o que eu gostaria, verdadeiramente, era de ver a Segurança Social deste país melhor e mais justa do que é neste momento e com tendência a piorar no futuro.
O razão deste post é que, pode ser, muito à portuguesa, fácil dizer que os outros são privilegiados e não considerar que o mesmo podem outros achar de nós próprios, pois afinal há sempre quem esteja pior do que nós. Aproveitando estas campanhas, onde impera a pequenez e a inveja, o governo vai nivelando por baixo tudo o que pode. Quem perde somos todos nós, portugueses
.





*******


TIMESONLINE


11/10/2006


Christopher Pledger



Sabina Kelley at the second annual London International Tattoo Convention


*******

HUMOR INTERNACIONAL

Kazanewsky – Ukraine

I was born in 1950. I graduated Kharkov State University, department "Cosmic radiophysics" in 1973 and Kiev Institute of Journalism Skill, department "Press artist" in 1984. I am professional cartoonist now.

http://www.sadurski.com/cartoonist/kazanewsky.htm



6 comentários:

Cordato disse...

Quando dói, até as pedras gemem.

Anónimo disse...

Houve um comentador ou colunista, tanto faz, que chegou a chamar de parasitas os funcionários público e que nunca se penetenciou por ofender muitos que trabalham e muito para justificar o que ganham.
Ele, ao que parece também recorre à manjedoura que critica.

Ana disse...

Se há coisa feia, são mulheres tatuadas. Respeitando o seu gosto, que se lixe, há gostos para tudo!

Letras disse...

Quem te manda a ti açougue tocares rabeca? Deixa mas é os jornalistas em Paz!

Adrian disse...

Uma das formas que há de fazer os portugueses perderem a memória é privá-los de dietas de peixe, vamos no bom caminho.logo design

glass dining table disse...

This site have a great work and also this site is very informative fro the dining tables and tables i like this sit infoglass dining table