quinta-feira, Abril 24, 2014

BINGO



Muitos de nós achamos que é quase impossível ouvir uma verdade da boca de Passos Coelho, tal o número de “inverdades” com que ele nos tem brindado, mas tal como acontece com os relógios estragados, que marcam a hora certa duas vezes por dia, também o 1º ministro, por vezes acerta uma.

A afirmação de que «não se deve esfolar um coelho antes de o caçar» é absolutamente verdadeira, e nem levo em conta o que acrescentou, «e eu que estou aqui e sou Coelho, não gostaria de ser caçado…».

É também verdade que foi caçado em coisas que lhe não são favoráveis logo em seguida, porque confessou estar comprometido com a troika em flexibilizar as regras da contratação colectiva, a que chamou «dinamização da contratação colectiva», sem nunca o ter anunciado antes aos portugueses.

Não menos grave foi dizer que se paga hoje menos pelos encargos da dívida do que em 2011, quando os dados mais recentes apontam até para um aumento, no 1º trimestre, dos juros em 19% relativamente aos do ano anterior.

Passos Coelho é frequentemente caçado pela realidade, e será, não esfolado certamente, mas desmascarado mais vezes.


segunda-feira, Abril 21, 2014

LEGALIDADE E ILEGALIDADE TANTO FAZ

Veio a público que Paulo Portas e Passos Coelho assinaram com a troika um plano para aliviar o custo das empresas com ilegalidades nos despedimentos.

O governo onde pontuam estes dois senhores acha que o custo para as empresas que fazem despedimentos ilegais deve ser mais leve – menos penalizados – de modo a reduzir a diferença em relação aos despedimentos legais.

Estes dois senhores são os mesmos que dizem, hipocritamente, que o desemprego é uma chaga social e um dos nossos maiores problemas, e que juraram defender a Constituição e as nossas leis.

Qualquer pessoa no seu perfeito juízo sabe que ilegal é o contrário de legal, e que quando se pretende aproximar os dois conceitos contraditórios, só se pode estar a negar a Justiça e o bom senso.


Infelizmente estes senhores são o primeiro ministro e o vice-primeiro ministro deste pobre país. Estamos lixados!... 


sábado, Abril 19, 2014

DESEJOS PASCAIS

Acreditem meus caros, este é o Passos porque eu sou da Liga dos Defensores dos Coelhos...

quinta-feira, Abril 17, 2014

EXCLUSIVIDADE E DESCRÉDITO

A política e boa parte dos seus actores, que representam os seus partidos e não os cidadãos eleitores, estão completamente desacreditados, mas como o sistema por eles criado os defende, vão ignorando a realidade.

Para boa parte dos eleitores a política e os políticos estão divorciados dos seus problemas e das suas necessidades, defendendo antes interesses a que estão ligados, ou pretendem estar ligados quando largarem a vida pública.

A fidelidade dos deputados aos interesses dos seus partidos e a não exclusividade dos mesmos faz com que as suspeitas dos cidadãos aumentem ainda mais.


É por demais evidente que estas coisas não mudarão por vontade dos partidos maioritários, como se viu pelo chumbo das propostas de exclusividade apresentadas e discutidas na Assembleia da República, mesmo sabendo-se o que o povo pensa disso, por isso a política nacional tem cada vez menos credibilidade…


quarta-feira, Abril 16, 2014

A FRASE DA SEMANA



A mesma frase na boca de pessoas diferentes pode ter também significados diferentes. Muitos de nós conhecemos as posições defendidas por Ferraz da Costa, não só como cidadão mas sobretudo como representante do patronato, cargo que ocupou durante vários anos.


Não se pode dizer que Ferraz da Costa seja um esquerdista, nem sequer um entusiasta do 25 de Abril, pelo que a frase que escolhi para esta semana, não deixa de ser curiosa porque saída da sua boca:


«Um destes dias acordamos e temos um partido de extrema-direita».


Confesso que fiquei sem saber se é um simples desejo ou se será uma ameaça, mas também não estou interessado…